BLOG

O Grupo Moldtrans mantém a sua atividade para garantir o fluxo de mercadorias na cadeia de abastecimento

Todas as delegações continuam em funcionamento, respeitando as recomendações das autoridades sanitárias, quer no escritório, quer em teletrabalho

 

O Grupo Moldtrans, mantém a sua atividade profissional em funcionamento durante o alerta provocado pela pandemia de COVID-19, adotando as recomendações da Direção Geral de Saúde, em Portugal, e pelas autoridades sanitárias, em Espanha. As onze delegações do Grupo Moldtrans e os centros logísticos Moldstock em Portugal e Espanha estão operacionais, garantindo o fluxo de mercadorias na cadeia de abastecimento dos setores industrial, alimentar e sanitário.

 

Neste sentido, a 16 de março entraram em prática medidas que vinham a ser estudadas para proteção do bem-estar dos colaboradores do Grupo Moldtrans, quer pela vertente de teletrabalho, nomeadamente em Espanha onde a crise é manifestamente superior, quer pela aplicação de rigorosas recomendações de higiene e de prevenção, com disponibilização de equipamento protetor e desinfetante, limitações de circulação e de contacto pessoal, tudo para limitação de propagação do atual Coronavírus.

 

COVID-19

 

Com as limitações existentes na circulação de pessoas e de veículos, o setor dos transportes e da logística é um dos poucos autorizados a seguir a sua atividade profissional para garantir a continuidade do fluxo na cadeia de abastecimento dos setores industrial, alimentar e sanitário, considerados de primeira necessidade. Os transportadores, os expedidores, o pessoal logístico e outros profissionais do setor, enfrentam as dificuldades implicadas na continuidade do seu trabalho num contexto industrial com numerosas empresas encerradas, com uma diminuição do tráfego de mercadorias transportadas. No entanto, com as limitações e constrangimentos necessários, a atividade tem demonstrado a sua relevância na manutenção da possível normalidade.

 

A atividade mantém-se particularmente intensa nos clientes de alimentação e de e-commerce, podendo registar um crescimento de 80% durante as próximas semanas, se os padrões de outros países afetados, como Itália, se verificarem em Portugal. O Grupo Moldtrans mantém os seus serviços de transporte terrestre internacional com Europa, Norte de África e Turquia, marítimo e aéreo mundialmente, sob consulta de tempos de trânsito e disponibilidade cujos dados habituais poderão sofrer revisão; seja em cargas completas, lotes ou veículos dedicados, para além dos seus serviços logísticos desenvolvidos por Moldstock, em Portugal e Espanha, nas suas 18 localizações, com os devidos cuidados preventivos e sanitários.

 

Em todo o caso, as ações de comunicação a partir do Grupo Moldtrans em Portugal e Espanha foram intensificadas para informar os seus clientes, fornecedores e agentes, acerca das novidades no setor da logística e dos transportes, que estão a acontecer neste cenário excecional. Existe ainda uma atenção especial aos comunicados internos dirigidos aos seus colaboradores, com recomendações, normas de saúde e de higiene no trabalho, para além de dicas para o desenvolvimento do seu trabalho remotamente.

 

“Perante uma situação excecional como esta, adotámos todas as medidas necessárias para a continuidade da nossa atividade profissional, velando pela saúde dos nossos colaboradores, clientes e agentes”, assegura Carlos Moldes, presidente do Grupo Moldtrans; “queremos também registar e destacar o papel o que os profissionais do setor têm, trabalhando todos os dias para garantir o abastecimento de áreas tão delicadas e valiosas como a saúde, alimentação, e outros bens de primeira necessidade. Todos sentimo-nos orgulhosos da dedicação, integridade e coragem que os mencionados profissionais estão a demonstrar em circunstâncias tão difíceis”.

Bem-vind@

Bem-vindo ao blog de Moldtrans Group, você vai encontrar as últimas novidades.
Cadastre-se e siga-nos via RSS ou por e-mail. Feliz por ter você por perto!

Tweets Recentes
Siga-nos no Facebook