BLOG

O Grupo Moldtrans abre o seu segundo centro logístico em Sevilha

O novo armazém tem uma superfície de 2.000m2 e dará resposta ao crescimento da atividade logística do Grupo Moldtrans na região

 

 

MOLDSTOCK Logística , a empresa de serviços logísticos do Grupo Moldtrans, anuncia a abertura do seu segundo centro logístico em Sevilha. Trata-se de um armazém de 2.000m2, com capacidade para 2.000 paletes europeias, que permitirá incrementar a capacidade logística do Grupo Moldtrans nesta comunidade autónoma. As instalações estão equipadas com 5 docas e as mais recentes inovações técnicas. Pressupõe logo a criação de vários postos de trabalho, diretos e indiretos, valor que aumentará à medida que a ocupação total das instalações for acontecendo, consequência do peso que os serviços logísticos em Sevilla terão.

 

 

O novo centro logístico MOLDSTOCK em Sevilha soma-se à filial do Grupo Moldtrans em funcionamento já desde 2012, na mesma cidade. Está situado na Zona de Atividades Logísticas (ZAL) de Sevilha e dará resposta ao crescimento registado na atividade logística realizado pelo Grupo Moldtrans na região. Andaluzia é a segunda maior comunidade espanhola em exportações, com vendas superiores a 23 milhões de euros em 2019. Isto dispara a procura por serviços logísticos nas empresas locais.

Com uma área de 2.000m2 e capacidade para 2.000 paletes europeias, o novo centro logístico da em Sevilha, prestará serviço aos clientes atuais e futuros; tais clientes pertencem a setores como: climatização industrial, higiene, têxtil, iluminação, entre outros. Equipadas com os últimos avanços na tecnologia logística e um sistema de gestão de armazéns (SGA), as novas instalações da MOLDSTOCK permitirão oferecer uma variada e ampla gama de serviços logísticos de alto valor acrescentado: armazenagem, picking, packing, desconsolidação, preparação de pedidos, distribuição e transporte internacional.

 

Para além do referido, a localização do novo armazém MOLDSTOCK reforçará os serviços de destaque da delegação do Grupo Moldtrans, em Sevilha, que tem um serviço regular com as delegações do Porto e de Lisboa, terrestre e de ponte maritima. Estes serviços especializados, mais particularmente, incluem: transporte marítimo de importação e de exportação com as ilhas Canárias (através das delegações em Las Palmas, Gran Canária e Santa Cruz de Tenerife), quer em modalidade de grupagem convencional —LCL—, quer em contentores completos —FCL—, assim como serviço expresso, e o serviço rodoviário direto, por grupagem e por veículos completos: com Itália, Espanha, e com Portugal, através das delegações da Moldtrans no Porto, Lisboa, e Aveiro.

 

Os trabalhos neste novo centro logístico MOLDSTOCK estavam já muito avançados quando se decretou o estado de emergência devido à doença COVID-19. O projeto completou-se de acordo com todas as recomendações de boas práticas sanitárias, e respeitando os sucessivos níveis de confinamento na atividade económica. Já o funcionamento das instalações adota as medidas de segurança e de higiene necessárias para garantir a proteção de clientes colaboradores e fornecedores da empresa.

 

A inauguração destas instalações reforça a aposta do Grupo Moldtrans no desenvolvimento económico e na criação de emprego, especialmente relevantes nos tempos que se seguirão. A MOLDSTOCK permitirá esse apoio na economia local, e internacional, mantendo-se ao lado da indústria e das povoações.

 

“Com a abertura do nosso segundo armazém, passamos agora a contar com uma capacidade total de mais de 5.000 paletes europeias, o que nos permitirá satisfazer as crescentes necessidades das empresas andaluzas. A gestão das atividades logísticas será levada a cabo por uma equipa multidisciplinar de profissionais, que contarão com todos os meios necessários para oferecer uma grande variedade de serviços e atender às necessidades de uma ampla tipologia de clientes. Estamos especialmente orgulhosos de termos podido completar este projeto nesta altura que a oferta de emprego e a atividade económica serão especialmente importantes no combate às consequências da Pandemia”, explica Mara Mengual, diretora da delegação do Grupo Moldtrans em Sevilha.

Bem-vind@

Bem-vindo ao blog de Moldtrans Group, você vai encontrar as últimas novidades.
Cadastre-se e siga-nos via RSS ou por e-mail. Feliz por ter você por perto!

Tweets Recentes
Siga-nos no Facebook