BLOG

Estas são as cinco rotas marítimas mais importantes do mundo

As rotas marítimas permitem que os navios desenvolvam o transporte de mercadorias por todos os lugares do globo. O comércio marítimo continua sendo o transporte mais utilizado no comércio internacional, representando 80% do volume mundial. Apesar da existência de meios mais ágeis, esta modalidade apresenta outras vantagens, como custos menores e maior espaço para o carregamento de mercadoria.

 

As cinco rotas marítimas mais importantes do mundo As cinco rotas marítimas mais importantes do mundo.

 

Saber a localização das mais importantes rotas de transporte marítimo é crucial no setor.

As cinco rotas marítimas mais importantes

Estreito de Malaca

Localiza-se na Ásia, entre Singapura e Malásia. Esta autoestrada marítima é a que tem maior volume de transporte de mercadorias. Une importantes mercados—quer de exportação como de importação de mercadorias—como o chinês, sul coreano, japonês, indiano, tailandês, singapurense e malaio. Neste estreito, anualmente passeiam cerca de 50 mil navios, aproximadamente 30% do comércio mundial.

Canal de Suez

A sua importância reside na ligação que constitui entre o Oceano Índico e o Mar Mediterrâneo, o que evita a circundação do continente africano. Situa-se no Egipto, sendo um canal artificial, construído para agilizar o comércio internacional. Estima-se que 20 mil embarcações transitem por este canal anualmente, cerca de 15% do comércio mundial.

Estreito de Ormuz

Poder-se-ia defini-lo como o estreito do Golfo Pérsico. Transporta 20% do petróleo de todo o mundo. Separa o Oman do Irão, país que tem um grande controlo sobre esta área, utilizando-o em ocasiões como ferramenta de negociação em conflitos internacionais. O porto do estreito de Ormuz localiza-se no Dubai.

Estreito de Gibraltar

Conecta o Mar Mediterrâneo e o Oceano Atlântico. Estima-se que cerca de 80 mil embarcações circulem através dele. É uma localização estratégica de valor incalculável, o que motiva o interesse do Reino Unido em manter a soberania do Rochedo de Gibraltar. Este estreito separa a África da Europa, com uma distância mínima de 14 km entre os dois.

Canal do Panamá

Tal como o Canal de Suez, o Canal do Panamá é também uma obra de engenharia realizada no início do século XX. Localiza-se no Mar das Caraíbas, unindo o Oceano Atlântico ao Oceano Pacífico. A construção deste canal, que funciona através de eclusas, resultou num impulso significativo no comércio internacional, reduzindo dramaticamente o tempo no tráfego de mercadorias. Estima-se uma circulação de cerca de 12 mil barcos por este canal.

 

As rotas marítimas desempenham um papel fundamental no transporte de mercadorias apesar da existência de vias mais rápidas. Ainda assim, o valor económico envolvido no transporte de mercadoria pela via marítima compensa o seu tempo mais demorado, ainda que estratégias em percursos e a própria construção de algumas passagens, tenham contribuído para maior agilidade.

Bem-vind@

Bem-vindo ao blog de Moldtrans Group, você vai encontrar as últimas novidades.
Cadastre-se e siga-nos via RSS ou por e-mail. Feliz por ter você por perto!

Tweets Recentes
Siga-nos no Facebook