BLOG

Quais os encargos mais relevantes no transporte marítimo internacional?

Os encargos no transporte marítimo internacional representam uma das questões a considerar se se possui um negócio de logística marítima. Os custos logísticos podem ser elevados e variarão ao longo do ano, como por exemplo na subida que ocorre na peak season.

 

Quais os principais encargos?

 

Em primeiro lugar, é necessário falar dos direitos de uso do cais, os que têm de ser pagos para usufruto das instalações da companhia de navegação. Estas tarifas variarão enormemente em função do cais em que se encontram os barcos; este valor pode surgir referenciado pelo seu nome em inglês: wharfage.
 

transporte marítimo internacional

O peso da mercadoria é também um elemento taxado. O encargo é normalmente conhecido como verified gross mass e inclui o peso do contentor, o peso da mercadoria e o peso do suporte da mesma. Este cálculo pode ser feito por cada empresa sem necessidade de consulta externa, sendo que o rigor é fundamental. Associado a este encargo, existe o overweight surcharge, para contentores de peso excessivo.

 

Outra das taxas é libertação de mercadoria no porto de destino e a respetiva taxa de segurança. Os portos e os cais estão obrigados a seguir um código ISPS de prevenção de riscos, com o seu respetivo custo que é passado aos utilizadores.

 

O que é a peak season e como se pode reduzir o seu impacto económico?

 

Apesar das cinco taxas mencionadas serem as mais importantes, há uma que não pode ser esquecida: a peak season que, como o seu nome indica, é sazonal. Este encargo acontece numa altura do ano em que o transporte de mercadorias é particularmente caro, por diversos motivos: aumentos de tarifas, fragilidades/problemas na cadeia de abastecimento, volatilidade nas taxas de distribuição, para nomear alguns. Para perceber este encargo sazonal, é preciso ter em mente que a procura intensifica-se entre os meses de agosto e de outubro, gerando problemas de capacidade, o que resulta inevitavelmente em aumento de custos.
 

Para que este encargo não seja tão elevado nem surpreenda as empresas, recomenda-se um devido planeamento do serviço de transporte. Por ser um ambiente com alguma volatilidade, a antecipação pode ajudar a que haja alternativas de transporte que resultem em poupança.

 

Convém também não esquecer os acordos com os fornecedores. Acordos prévios podem resultar em preços acordados que melhorem a compra.

Acordos prévios e planeamento de serviços de transporte, são ações que permitem antecipar problemas, tais como liberação de mercadoria na alfândega —como toda e qualquer preparação de documentos alfandegários.

0 comentários
Bem-vind@

Bem-vindo ao blog de Moldtrans Group, você vai encontrar as últimas novidades.
Cadastre-se e siga-nos via RSS ou por e-mail. Feliz por ter você por perto!

Tweets Recentes
Siga-nos no Facebook