BLOG

O que é a logística sanitária em desastres

A logística sanitária é o setor que se encarga de satisfazer adequadamente as necessidades requeridas dentro de uma situação de emergência. Aqui, a produtividade logística ganha destaque: é um conceito que implica que essas necessidades se possam cobrir de forma ótima, ao menor custo. Graças à melhoria da tecnologia de ponta, é possível proporcionar-se um serviço melhor a mais pessoas: é esta a grande relevância da logística: a sua repercussão na coletividade.

 

Características da logística sanitária

logística sanitária

A logística sanitária busca constantemente melhorar a sua estratégia de modo a que melhore a sua eficiência e produtividade. O objetivo é o de melhorar o bem-estar da comunidade ao oferecer serviços sanitários, analisando stocks e otimizando os processos e as técnicas de gestão e de controlo.

 

Umas das principais características da logística sanitária baseia-se no abastecimento de bens. Tal abastecimento é fundamental para o funcionamento do hospital no seu todo e, claro, na execução dos seus objetivos. Dever-se-á ter em conta a qualidade, o lugar necessário, a oportunidade e a quantidade de bens. Para além do mais, o abastecimento afetará diretamente a prestação de serviços.

 

Por outro lado, é importante cumprir os mecanismos de supervisão. A relevância deste processo constitui-se tanto na prestação de serviços, como noutros aspetos, por exemplo: contratos de empreitada, ou de obtenção de bens.

 

Quer os serviços administrativos, quer os serviços assistenciais, terão a sua operatividade controlada a partir do stock de bens de primeira necessidade. O mesmo ocorrerá com os serviços administrativos.

A segurança ou a manutenção de bens móveis e imóveis é outro fator muito importante: as infraestruturas e as instalações do hospital devem ser adequadas, a equipa tem de ser corretamente programada e submetida a um controlo periódico, sempre respeitando e cumprindo as normas legais e técnicas.

 

Aplicação deste tipo de logística em caso de desastre

Perante uma catástrofe, a logística sanitária deve funcionar de forma mais rápida e eficiente. Implementando-se o processo, haverá de imediato um controlo do abastecimento, seguindo-se a gestão de resíduos. Depois destas diligências controladas, deve retirar-se cadáveres e evacuar-se vítimas imediatamente.

 

Bem-vind@

Bem-vindo ao blog de Moldtrans Group, você vai encontrar as últimas novidades.
Cadastre-se e siga-nos via RSS ou por e-mail. Feliz por ter você por perto!

Tweets Recentes
Siga-nos no Facebook