BLOG

História do “container” das empresas de logística

 

A história do contentor é a história de um pequeno empresário de 1937 que alterou a história do transporte de mercadorias marítimo e, por conseguinte, do transporte internacional. Chamava-se Malcolm McLean e dispunha de diversos camiões de transporte de mercadorias.

 

McLean observou o tempo que era desperdiçado entre a descarga da mercadoria do camião até ao solo e o seu recarregamento nos depósitos do navio por parte dos estivadores. Desenvolveu uma forma de carregamento direto da mercadoria do camião para o navio, independentemente do tipo de recipiente (fardos, sacos, cilindros, etc.). Mal sabia ele que mudaria a vida das empresas de logística e do transporte marítimo mundial.

 

antiguo transporte maritimo

Uma ferramenta útil para a logística da guerra

Com as guerras internacionais, o novo contentor foi fortalecido, devido à sua condição prática. Em primeiro lugar, na II Guerra Mundial, cada empresa utilizava o seu próprio “recipiente em uso” para carregar a sua mercadoria (vestuário, alimentos e armamento). Em breve, tornou-se numa ferramenta muito prática na Guerra do Vietname da década de 1960, em que, além disso, os navios da empresa de McLean atracavam de regresso no Japão e aproveitavam o trajeto para se abastecerem de mercadoria comercial, reativando as relações comerciais entre os dois países, anteriormente em conflito.

 

Para a normalização do contentor

Foi apenas em finais da década de 1960 que a International Standard Organization (mais conhecida pelas suas normas ISO) e as agências de transporte dispunham de uma normalização por excelência da sua unidade de carga marítima: o contentor.

 

Este artigo é definido como “uma unidade de transporte móvel de mercadorias, resistente e de fácil manuseamento, que é utilizado de forma reiterada para a transferência de mercadorias, a granel ou levemente embalados, de um ponto a outro e sem manuseamento intermédio”.

 

Sem dúvida que veio para ficar uma unidade de carga e sem data de validade à vista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Bem-vind@

Bem-vindo ao blog de Moldtrans Group, você vai encontrar as últimas novidades.
Cadastre-se e siga-nos via RSS ou por e-mail. Feliz por ter você por perto!

Tweets Recentes
Siga-nos no Facebook