BLOG

Flat Rack: Transporte Internacional de Mercadorias

No transporte internacional de mercadorias existem vários tipos de contentores atendendo a variáveis tais como: a quantidade que suportam; a sua natureza; os meios destinados. Hoje, abordaremos o Flat Rack, como este é utilizado em transportes, as suas características e os tipos de mercadoria que se podem transportar.

 

O contentor Flat Rack para transporte marítimo e terrestre

O contentor Flat Rack, pelas suas características, está concebido para caras especiais. Esta modalidade de contentor será utilizado naqueles casos em que a carga a ser transportada não cabe dentro das dimensões de um contentor clássico. O contentor Flat Rack proporciona assim uma versatilidade que hoje é tão importante no comércio internacional. Ainda que seja principalmente utilizado pela via marítima, pode ser usado no transporte terrestre e no ferroviário.

 

<flat rack

 

A criação do contentor standard em 1956 por Malcom McLean permitiu uma otimização na maneira de transportar formatos estandardizados, mas deixou de parte formatos menos tradicionais. O Flat Rack assumiu-se como uma alternativa viável para tais formatos.

 

Características

O contentor Flat Rack não possui paredes laterais nem tetos, sendo construído com peças em aço de maneira que seja reforçado: há que assegurar a integridade da mercadoria, para além do seu transporte.

 

Existem ainda tamanhos variáveis, sendo os mais comuns os de 20 e os de 40 pés. É muito fácil distinguir este tipo de contentores das outras variedades existentes.

 

A ideia é poder contar com um contentor versátil e robusto, valorizando-se a capacidade de adaptação a distintas circunstâncias.

 

Tipos de mercadorias

Este contentor apenas deve ser utilizado no tipo de mercadoria que o requer, ou seja, o formato do contentor adapta-se à mercadoria para que é destinada, podendo tornar-se desadequado para outro tipo de mercadorias. A ausência de paredes faz com que seja necessária a utilização de acessórios tais como correntes e cabos para assegurar a fixação da mercadoria. Como exemplos: o contentor Dry Van, para mercadorias de dimensões pequenas; e o contentor Tank, adequado ao transporte de líquidos.

 

Os carregamentos mais habituais para a utilização de Flat Racks são os automóveis, os camiões, a maquinaria industrial e os minerais. Esta modalidade adapta-se, ainda, a qualquer tipo de mercadorias que não possam ser levadas pelos meios tradicionais.

 

Pela adaptação dos transportes internacionais de mercadorias a distintas necessidades e a mercadorias que não se transladam mediante sistemas habituais, o contentor Flat Rack assume-se como uma solução de futuro, prevendo-se que a médio prazo a sua utilização cresça progressivamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Bem-vind@

Bem-vindo ao blog de Moldtrans Group, você vai encontrar as últimas novidades.
Cadastre-se e siga-nos via RSS ou por e-mail. Feliz por ter você por perto!

Tweets Recentes
Siga-nos no Facebook