BLOG

Estes são os erros mais habituais no transporte de mercadorias

O setor do transporte de mercadorias mudou muito nos últimos anos, uma mudança sobremaneira influenciada pela disseminação brutal da internet e das suas possibilidades de comércio, motivando uma multiplicação da gama de serviços disponibilizada pelas empresas do ramo do transporte.

Não obstante, erros no transporte de mercadorias continuam a ser cometidos, os quais devem ser evitados para anular, por exemplo, problemas tão relevantes como os que interferem com os prazos de entrega. Abordaremos aqui alguns erros de distribuição, um aspeto fundamental e ter em conta para manter a rentabilidade de uma empresa.

 

transporte de mercadorias

 

Não ter seguro de mercadoria

 

É importante considerar seguro para a mercadoria; muitas vezes não tem, ou não apresenta seguro adequado. As coberturas contratadas devem ser esmiuçadas para que não haja surpresas no caso de sinistros, para além de ser fundamental ter consciência do valor de mercadoria para o cálculo do seguro.

 

Deficiências na etiquetagem

 

Quando o camião está de saída, deve estar assegurado que toda a mercadoria está devidamente etiquetada. Um erro aqui pode gerar atrasos na entrega da mercadoria, aumentando o risco de danos, ou, até, que esta se perca. Um bom sistema de etiquetagem, bem planeado, é fundamental. Torna-se ainda mais relevante em envios internacionais já que as distâncias são muitas vezes superiores e os idiomas variam, gerando problemas comunicativos, por vezes extremamente difíceis de ultrapassar. A etiquetagem deve, assim, também obedecer a normas específicas para que possa ser entendida em diferentes situações.

 

Não escolher bem o sistema de transporte

 

Uma grande empresa deve ter em conta qual o sistema de transporte mais adequado à sua mercadoria, por um lado, e, por outro, também face à sua disponibilidade, seja ele marítimo, terrestre ou aéreo. Preços e tempos de entrega devem ser considerados ao mais ínfimo detalhe para que o transporte flua, a preço justo e dentro dos prazos estipulados.

 

Não fazer verificações na receção da mercadoria

 

Um erro assaz comum é o de receber a mercadoria e não verificar se há incidências. De facto, todo o processo logístico sofre com este esquecimento, já que, detectando problemas mais tarde gera todo um imbróglio de acontecimentos — queixas, assuntos escalados, provas como fotografias ou outros registos, por vezes envolvimentos legais.

Para além do estado em si da mercadoria, o número de volumes deve também ser sempre contado.

 

Em suma, estes são os erros mais comuns e também mais evitáveis nos processos de transporte. É possível assegurar maior fiabilidade, e consequentemente rentabilidade, se se conseguir prever e agir sobre estas situações

Bem-vind@

Bem-vindo ao blog de Moldtrans Group, você vai encontrar as últimas novidades.
Cadastre-se e siga-nos via RSS ou por e-mail. Feliz por ter você por perto!

Tweets Recentes
Siga-nos no Facebook